Quer cursar medicina? Rússia tem vagas abertas para estudantes brasileiros

10/08/2017 17:08

São Paulo, agosto de 2017 – Um dos principais polos de medicina do mundo, a Rússia está com vagas abertas para estudantes brasileiros que sonham em se
formar na área. A Universidade Médica Estatal de Kursk, uma das melhores no ensino de medicina em língua inglesa, abriu inscrições para o processo seletivo
que irá recrutar os candidatos a turma de fevereiro de 2018. Com ótimo custo-benefício e qualidade de ensino reconhecida, o país europeu tornou-se um excelente
destino.
 
Para se inscrever, os alunos interessados devem entrar em contato com a Aliança Russa, representante oficial das universidades russas no Brasil. O processo,
que já está aberto, começa com envio de documentação – formulário de admissão (pode ser preenchido no site
www.aliancarussa.com.br),
RG, CPF do aluno e dos pais, comprovante de residência, currículo, cópia do histórico escolar e do Certificado de Conclusão do Ensino Médio.
 
Na sequência, há uma análise de perfil, com teste para analisar o nível de inglês e verificação dos documentos necessários. Caso aprovado, o aluno já pode
se preparar para o embarque. Vale lembrar que a língua inglesa não é um empecilho. Quem não possuir fluência pode aplicar para a vaga da mesma forma. Porém,
antes de ingressar na faculdade, deverá realizar um curso de seis meses na Faculdade Preparatória Extensiva, localizada dentro da própria Universidade.
 
O preço do curso é um fator importante na hora de decidir o futuro do estudante. O aluno precisa desembolsar apenas US$ 3.100 por semestre, valor que inclui
seguro médico e moradia universitária. No total, o custo de vida fica em aproximadamente R$ 600 mensais. O período facultativo tem carga horária superior
a 11.400 horas, maior que qualquer curso de medicina no Brasil.
 
Atualmente, 500 brasileiros estudam na Universidade Médica Estatal de Kursk, o que torna a adaptação bastante fácil.  No total, mais de 100 médicos do
país foram formados pela Instituição.
 
Sistema de ensino
Os alunos que desejam cursar a universidade em Kursk devem estar atendo ao formato do ensino. Bastante diferente do Brasil, a carga horária é muito mais
puxada e a metodologia de avaliação tem outro formato. Por lá, os alunos não podem ter faltas ou carregar matérias não concluídas para os próximos semestres.
 
As notas, que vão de 0 a 5, são aplicadas diariamente em classe. Quem tiver de 2 para baixo (chamada de atrabotca) precisa, automaticamente, refazer aquela
aula e rever o conteúdo. Estudantes com que não concluírem todas as atrabotcas não estão autorizados a fazer as provas de measure e nem os testes de fim
de semestre.
 
A alta qualidade do ensino é comprovada pela taxa de alunos brasileiros que passa de primeira no Revalida, Sistema de Revalidação de Diplomas Médicos para
atuar no Brasil. Cerca de 80% dos estudantes estão aptos a exercer a profissão quando voltam ao país. O diploma é reconhecido pela Organização Mundial
de Saúde.
 
Serviço:
Aliança Russa de Ensino Superior
Edif. Prime Office Park
Rua Adib Auada, 35, Sala 113-B
Granja Vianna – Cotia / SP
CEP: 06710-700
Telefone: (11) 4551-3836
WhatsApp: (11) 98120-8208
www.aliancarussa.com.br
 


Fonte: Assessoria